O episódio dessa quarta (09) de Riverdale trouxe a revelação do maior mistério da 2ª temporada da série, a identidade do serial killer Capuz Negro – ou, pelo menos, de um deles.

Fãs ficaram chocados ao descobrir que Hal Cooper (Lochlyn Munro) era o homem embaixo do capuz, revelando que seu avô também foi um serial killer e o criou para crer que os pecadores da cidade de Riverdale deveriam pagar com sua morte.

No entanto, Hal revelou também, ao ser preso, que não é o único homem usando o capuz. Segundo ele, outra pessoa estava por trás do ataque ao debate para o cargo de prefeito da cidade, entre Fred (Luke Perry) e Hermione (Marisol Nichols).

O ator Munro falou à EW sobre a forma como descobriu que ele seria o assassino – literalmente, lendo o roteiro do episódio. “Não houve nenhum tipo de ligação de cortesia ou aviso prévio. Eu recebi o roteiro do episódio e fiquei tão chocado quanto todo mundo quando assistiu”, revelou.

Munro ainda revelou que nunca de fato usou o capuz: “Eu nunca coloquei aquilo. É muito engraçado para mim quando as pessoas faziam teorias usando o rosto dos atores e a aparência do assassino quando vestido com o capuz, porque os produtores realmente usaram outro ator para aquelas cenas”.

Após distúrbios alimentares, atriz de Riverdale diz que nunca mais fará dieta na vida

A série Riverdale, adaptação da CW para os quadrinhos de Archie, recentemente exibiu um episódio musical baseado na história de Carrie: A Estranha, livro clássico de Stephen King.

Deixe uma resposta