Longa, ainda em cartaz nos cinemas brasileiros, foi um dos destaques da premiação entregue no último domingo

A cerimônia de entrega do Prêmio Sophia, concedido pela Academia Portuguesa de Cinema, foi realizada no último domingo (24/3), em Estoril, litoral de Portugal. O longa ‘RAIVA’, de Sérgio Tréfaut, foi o grande reconhecido da noite, levando seis estatuetas de um dos principais prêmios do cinema português.  

RAIVA’ foi o vencedor dos prêmios Sophia nas principais categorias: Melhor Filme, Melhor Fotografia (Acácio de Almeida), Melhor Roteiro Adaptado (Sérgio Tréfaut e Fátima Ribeiro), Melhor Atriz (Isabel Ruth), Melhor Ator (Hugo Bentes) e Melhor Ator Coadjuvante (Adriano Luz).  

Com distribuição da Pandora Filmes no Brasil, ‘RAIVA’ é uma coprodução Portugal, Brasil e França, baseado no romance Seara de Vento, de Manuel da Fonseca, sobre uma família de camponeses que luta pelo trabalho e pela dignidade durante a ditadura portuguesa. No filme, os campos do Baixo Alentejo, em Portugal dos anos 1950, estão em pauta. Dois assassinatos em uma noite geram suspeitas e dúvidas aos moradores da região. Qual a origem desses crimes? 

Deixe uma resposta