São Paulo, outubro de 2018 – O filme Museu, lançamento no Brasil da Supo Mungam Films, traz Gael García Bernal como um dos personagens envolvido em um roubo no Museu Nacional de Antropologia do México. A obra estreia dia 8 de novembro nos cinemas brasileiros. O filme, aclamado pela crítica internacional no Festival de Berlim, tem direção de Alonzo Ruizpalacios e produção e roteiro de Manuel Alcalá, baseado numa história real, ocorrida nas vésperas do Natal de 1985. Este é o segundo filme de Ruizpalacios. Sua primeira obra é o premiado Güeros. A investida ao museu permitiu o roubo de mais de 100 peças, muitas delas da cultura maia. E os ladrões, longe de serem profissionais, eram dois estudantes de veterinária. O filme recebeu o prêmio Urso de Prata de melhor roteiro no Festival de Berlim.

Segundo Ruizpalacios, Museu foi inicialmente uma lembrança de infância de um grande roubo ocorrido no México. Posteriormente, ele vislumbrou a possibilidade de construir uma narrativa audiovisual, contando uma grande história. Museu tem uma temática perfeita e faz uso do humor na medida certa. O filme foi exibido nos Festivais de Toronto, Londres, Karlovy Vary e Los Angeles. Estrelado por Gael García Bernal, de sucessos como Amores brutos, Babel e E sua mãe também. O filme também conta com Leonardo Ortizgris (Güeros), Alfredo Castro (O clube e De longe te observo), Simon Russell Beale (A morte de Stalin), Lisa Owen (Pecado original), Leticia Brédice (Nove rainhas), Ilse Salas e Lynn Gilmartin.